terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Incoerência e devaneio


Hoje o  que se vê são milhares de pessoas criticando o Damião. Que culpa tem ele de ter limitações na prática do futebol? Esse povinho estúpido que hoje o critica o endeusava. Povinho que não vale nada. Hipócritas safados. Este blog alertou para as limitações do jogador. Este blog declarou que de graça Damião seria caro. Isso lá atrás, bem antes de sua contratação. Quando a diretoria incompetente do clube anunciou que o contrataria, esse povinho hipócrita vibrou. Quem conhece futebol identifica um craque e um perna de pau em poucos minutos. Noventa minutos, ou meia dúzia de participações no jogo, são suficientes. Mas para quem não conhece futebol dois ou três anos podem não ser suficientes. E no Santos dos roxos ninguém conhecia futebol...esse povinho que escreve na internet nem conta... afinal esses infelizes elegeram uma organização crim... para tomar conta do clube por 5 anos...

Devaneios de um blogueiro, jornalista e escritor

Visibilidade e respeito
(jornalista escrevendo sobre a contratação de Damião em janeiro de 2014)
“ O ganho principal é a visibilidade. Por mais passionais e comprometidas que sejam algumas mídias esportivas, a presença no futebol paulista de um jogador que tem se destacado no futebol brasileiro não pode passar em branco. Damião não é craque, mas tem carisma e faz gols, características que podem levá-lo a ídolo dos santistas.
Com a visibilidade aumentam as chances de se conseguir um bom patrocinador máster, o que transformaria a dívida em investimento. Não dá para pedir uma alta verba de patrocínio sem um time de peso, e um nome como Damião pesa bem mais do que Thiago Ribeiro, Willian José Giva e quetais.
Um novo amigo santista, Georgios, lembrou-me ontem que ao montar um time mais forte, o Santos poderá finalmente fazer o jogo de volta com o Barcelona e faturar muito com isso. Confesso que não havia pensado nessa possibilidade, mas ela realmente existe. E se o Barça se recusar, cerca de R$ 10 milhões entrarão nos depauperados cofres da Vila.
Um negócio assim, traz, finalmente, o respeito que um clube grande precisa emanar, sempre, entre seus torcedores e sobre os rivais. Para os santistas do mundo, realizar a maior transação entre clubes na história do futebol brasileiro é mais uma primazia do Alvinegro Praiano que deve ser comemorada.
Há, ainda, para reforçar essa transferência, o fato de que o mercado do futebol não é regido pelas mesmas regras que determinam a vida e o futuro das empresas. O componente paixão é insignificante no frio ambiente corporativo, mas é decisivo no futebol. Sem ele, times não emocionam, não atraem adeptos, não entram para a história.
Sendo assim, percebe-se que o lado positivo da contratação de Leandro Damião está no intangível, no abstrato, no emocional – que, no futebol, podem se transformar, sim, em patrocínios maiores, em mais gente nos estádios, mais espaço na mídia, na atração de novos torcedores e mais respeito dos adversários.”

(o mesmo jornalista escrevendo sobre a contratação Damião, em janeiro de 2015, um ano depois)
“Pior negócio já feito na história do futebol brasileiro, a compra do passe de Leandro Damião precisa ser muito bem explicada. O Santos não pode ser o único prejudicado nessa pantomima. A gestão anterior do clube foi irresponsável e incompetente; Leandro Damião não mostrou 10% do que seus empresários prometeram e ainda veio com problemas clínicos. Por que só o Santos – leia-se gestão atual – será punido?
Por que é preciso seguir a fria letra da lei? Mesmo que esta lei favoreça uma única pessoa já milionária e seus assessores, e ao mesmo tempo prejudique uma comunidade de milhões de brasileiros que têm no futebol sua principal diversão e têm no Santos uma fonte de alegria e amor?
Não! O justo seria obrigar o pagamento dos atrasados, claro, mas ao menos manter o passe do jogador vinculado ao Santos, dando a este a possibilidade de ainda reduzir um pouco o grande prejuízo que teve neste malfadado negócio, fechado, irresponsavelmente, pelo senhor Odílio Rodrigues & Cia.
Esse caso Leandro Damião é um pesadelo que não tem fim.

Voltamos. 
Assim é fácil, né não?
Esperar as coisas acontecerem para criticar é feio e desleal. É grosseiro.
Este blog pode até errar, mas não se omite jamais.
A gente vem escrevendo que as contratações de Ricardo Oliveira, Elano, a permanência de Renato, terão consequências desastrosas. Não vamos esperar para escrever. Temos opinião formada, conhecemos um pouco de negócio de futebol. Assim nosso blog é uma espécie de administração paralela. Não teríamos jamais contratados esses jogadores e não teríamos renovado com Renato, à despeito do apreço que temos por esses jogadores. Também não vejo com bons olhos a participação de Léo como estagiário de administração do futebol no clube.
É muito engraçado tudo isso.
O ombudsman fez uma pesquisa para ver se a inteligente torcida aprovou ou não essas contratações. Deu empate técnico, pasmem! Mas se der errado, os 50% que aprovaram, desaprovarão as contratações, com uma simplicidade única.
Este tipo de comportamento não ajuda o Santos FC.
Para auxiliar o Presidente Modesto e seu staff nas decisões, é preciso discordar das coisas que julgar erradas, é preciso apontar erros. De vaquinhas de presépio o clube não precisa.
Para terminar: jamais pagaríamos 1 milhão para o Robinho. Nem para o Neymar...nem para Messi...

10 comentários:

  1. Parabéns , Zowie.
    Mais um texto que mostra o mequetrefe o pseudo jornalista, o matemático. Ah !!!!!!!!sei mais o que!
    Porra o mal amado diz que coleciona ips. Eu coleciono textos de devaneios de uma mente doentia que incita a violência. Até disse que vc mora em Campinas e trabalha na Unicamp. E seus bovinos leitores vão na dele. O pnc mora em Sampa na zona sul (periferia) e diz que Itaquera é uma merda. Portanto tome cuidado (rrrrsss), antes era os gambás , agora são os porcos ( “nos salvamos o “Parmera” e eles querem levar o Arouca”), é uma metralhadora na mão de mequetrefe.

    ResponderExcluir
  2. Caraca, até briga e discórdia entre blogueiros e seus seguidores, o Odilio causou.

    ResponderExcluir
  3. E por essas e por outras que Jornalismo não é mais exigido diploma, são muitas sandices e devaneios, aliás o blog da "exclusividades" só repassa noticias que já pipocaram em outros sites com pelo menos 2 horas de atraso ou esta tendo que correr atras do arroz com feijão afinal tem familia para sustentar.

    ResponderExcluir
  4. Zowie voce está lembrado quando informei que o marketing do Santos seria feito pela empresa do Brunoro?
    https://blogdopaulinho.wordpress.com/2014/10/04/sem-trabalho-no-palmeiras-brunoro-fecha-parceria-e-se-torna-gestor-do-taubate-sp/
    Muito bem: sabe quem está cobrando 1 milhão de reais pelo agenciamento da Guaraviton?
    Ele mesmo, e não se esqueça que Brunoro e Dagoberto dos Santos sempre foram bem intimos, desde os tempos da BomBril

    ResponderExcluir
  5. Engraçado é que o título do texto do "blogueiro, jornalista e escritor" (como foi chamado neste post) que foi recortado pelo Zowie se chama "O lado bom e o ruim da contratação de Leandro Damião".

    Se lido na íntegra, percebe-se que há a exposição de dois lados da contratação, isto é, a par desta remota possibilidade de sucesso, como foi relatada pelo "blogueiro, jornalista e escritor", há toda a série de críticas feitas a respeito de sua forma física, desempenho e, principalmente, pelo custo da transação realizada pela gestão anterior.

    Costumo sempre acompanhar o "Memorias, Sonhos e Reflexões", pois concordo com muitas das opiniões expressadas pelo autor, mas desta vez, infelizmente, foi feito um recorte tendencioso.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  7. Recado de mestre Caetano ao redator deste blog:

    http://youtu.be/3GFDfaxADRk

    ResponderExcluir
  8. Caetano Veloso analisou o que vc escreveu e tem algo a lhe dizer:

    http://youtu.be/3GFDfaxADRk

    ResponderExcluir
  9. Não censure a opinião de mestre Caetano Veloso sobre a sua pessoa, bloqueiro:

    http://youtu.be/3GFDfaxADRk

    ResponderExcluir
  10. Zowie ontem jantaram à mesma mesa no restaurante GERO, o prefeito Haddad, o construtor santista WTorre e o santista secretario municipal de esportes Celso Jatene. Prato servido: PACAEMBU.

    ResponderExcluir

O comentário não representa a opinião do blog Memorias-Sonhos-Reflexoes e é de total responsabilidade do autor da mensagem.