quarta-feira, 10 de junho de 2015

A verdade

Títulos da Copa Libertadores da América por equipe:
7 títulos - Bandeira da Argentina Independiente
6 títulos - Bandeira da Argentina Boca Juniors
5 títulos - Bandeira do Uruguai Peñarol
4 títulos - Bandeira da Argentina Estudiantes
3 títulos - Bandeira do Uruguai Nacional, Bandeira do Paraguai Olímpia, Bandeira do Brasil Santos e Bandeira do Brasil São Paulo
2 títulos - Bandeira do Brasil Cruzeiro, Bandeira do Brasil Grêmio, Bandeira do Brasil Internacional e Bandeira da Argentina River Plate
1 título - Bandeira da Argentina Argentinos Juniors, Bandeira do Brasil Atlético Mineiro, Bandeira da Colômbia Atlético Nacional, Bandeira do Chile Colo-Colo, Bandeira do Brasil Corinthians, Bandeira do Brasil Flamengo, Bandeira do EquadorLDU, Bandeira da Colômbia Once Caldas, Bandeira do Brasil Palmeiras, Bandeira da Argentina Racing, Bandeira da Argentina San Lorenzo, Bandeira do Brasil Vasco da Gama e Bandeira da Argentina Vélez Sársfield

O Santos foi campeão em 1962 e 1963.

Em 1964:
Santos foi eliminado nas semifinais. O Santos começou a Libertadores de 1964 nas semifinais. A equipe santista começou nesta fase devido ao campeonato vencido no ano anterior. Nas semifinais o Santos foi eliminado pelo Independiente.

Em 1965:
Santos foi eliminado nas semifinais. O Santos foi o primeiro do Grupo 2 na Primeira Fase. A equipe santista superou o Universidad de Chile e o Universitario (Peru). Nas semifinais o Santos foi eliminado pelo Peñarol.

Em 1966: nenhum clube brasileiro participou. O Santos perdeu a Taça Brasil para o Cruzeiro, tomando de 6.

Em 1967 o Santos desistiu da Libertadores.

Em 1968 os representantes brasileiros foram Náutico e Palmeiras.

Em 1969 e 1970 nenhum clube brasileiro disputou a Libertadores.

Em 1971 Fluminense e Palmeiras disputaram a Libertadores.

Em 1972 Atlético Mineiro e São Paulo representaram o Brasil.

Em 1973, Palmeiras e Botafogo representaram o Brasil.

Em 1974, Palmeiras e São Paulo.

Em 1975, Vasco e Cruzeiro.

Em 1976, Cruzeiro e Internacional.

Em 1977, Corinthians e Cruzeiro.

Em 1978, São Paulo e Atlético Mineiro.

Em 1979, Guarani e Palmeiras.

Em 1980, Internacional e Vasco.

Em 1981, Flamengo e Atlético.

Em 1982, Flamengo, Grêmio e São Paulo.

Em 1983, Flamengo e Grêmio.

Em 1984, Gremio, Flamengo e Santos (o Santos foi eliminado na 1a. fase).

O Santos voltou ao Torneio Sul Americano em 2003, quando perdeu a final para o Boca Júniors.

Em 2004 o Santos foi eliminado pelo Once Caldas.

Em 2005 o Santos foi eliminado pelo Atlético Paranaense.

Em 2008 foi eliminado pelo America do México.

Em 2011 o Santos foi campeão em cima do Peñarol.

Em 2012 o Santos foi eliminado pelo Corinthians.

E é essa a verdadeira história. Como se vê, mesmo nos tempos de Pelé no auge, o Santos era eliminado, como se pode ver em 1964 e 1965. E em 1966 perdemos e hegemonia do futebol brasileiro para o Cruzeiro. Mas voltamos a recuperá-la em 1967, 1968 e 1969. Mas no começo dos anos 1970 e Santos perdeu essa hegemonia de novo e só foi recuperá-la com Diego e Robinho em 2002, e mais recentemente com Neymar.

O Santos disputou muitos poucos torneios oficiais envolvendo clubes europeus.

Já o Barcelona tudo que conquistou foi em gramados europeus.

O time do Santos bi-campeão mundial interclubes era sensacional, de fato.

Mas foi imbatível por apenas dois anos.

E o Santos teve hegemonia local durante 10 anos, na década de 1960.

E teve nuances em 2002 e 2011.

Como clube de futebol, como academia de futebol, não dá para comparar o Santos com Real Madrid e Barcelona.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

O comentário não representa a opinião do blog Memorias-Sonhos-Reflexoes e é de total responsabilidade do autor da mensagem.