quinta-feira, 4 de junho de 2015

Reflexões

AMADORES

Ansioso, Santos quer levar contrato para Robinho assinar no Allianz Parque



Inacreditável. Mais uma dos amadores que dirigem o Santos FC. Querem levar o contrato de 1 milhão por mês para o ex-jogador Robinho assinar em pleno Allianz Parque no domingo. Estão ansiosos! Estão com medo de quê? Como diz o repórter, o Santos é o único clube do mundo que aceita pagar 1 milhão de reais a um ex-jogador de futebol. Podem ficar tranquilos. Ninguém supera este clube quando o assunto é amadorismo. Acham que o Cruzeiro ou o Palmeiras cometeriam um sandice dessas?
Aí tem....não é possivel....Se estão sozinhos, por quê vão pagar 1 milhão por mês a um ex-jogador? O Milan liberou de graça. O jogador não tem valor algum para o mundo profissional do futebol. Nem o futebol dos Estados Unidos ou da China pagariam isso para um ex-jogador.
Leiam a notícia clicando aqui e se divirtam. Ou se preocupem, os que forem de fato santistas. 
Começo a imaginar que tem coisa por trás dessa ansiedade toda....
Entenderam, roxinhos, o que pode estar acontecendo? Aí tem....



Os dois pastores do time, David Bráz e Ricardo Oliveira, comandam as orações: um Pai-Nosso e três Ave-Marias após cada gol - trocaram as dancinhas pelas orações

Este blog revelou, com exclusividade, há alguns meses, que o Santos era a Ponte do litoral.

Ficaram bravinhos comigo.

Hoje, passados alguns meses, estamos vendo por aí alguns santistas, e alguns roxinhos, tentando comparar o Santos com a Ponte Preta.

A Ponte tem Rildo, Renato Cajá, Borges, Felipe Azevedo, Fernando Bob, Diego Oliveira, Biro Biro. E tem um técnico razoável, o Guto Ferreira. Digo razoável porque todos são ruins em sua essência. Não deveriam ser chamados de técnicos ou treinadores. Mas em comparação com Marcelo Fernandes está milhas à frente.

Sinto ter que informar os roxinhos que hoje a Ponte tem mais time que o Santos. 

O Santos é, na verdade, comandado por Robinho, Elano, e Ricardo Oliveira. Dizem que um desses dois Marquinhos (acho que é o Marquinhos Gabriel) brigou com Elano e caiu em desgraça. O técnico (que acha que Berola é a salvação, cliquem aqui para ler), que é um verdadeiro marionete nas mãos dos três aposentados, não pode escalar o jogador.

Sabem qual o treinamento do Santos? Rachões.  Comandados por Robinho. Saem até no tapa. Levam mais a sério que jogo oficial. Deve rolar algum tipo de aposta, só pode...

Tem um outro, que ainda não é aposentado, que ajuda comandar o time: David Bráz. 

Pois é, este é o Santos pós-roxos: um time comandado por três ex-jogadores e mais David Bráz. E um técnico que está lá de favor, mais em função da situação financeira desesperadora do clube. 

Vale ressaltar: quando o clube passar a ser devedor da Doyen, a dívida do clube vai estar na casa do meio bilhão de reais.

O presidente atual não tem culpa da destruição do clube.
Mas peca ao permitir que seu homem de confiança saia por aí trazendo jogadores aposentados. Ele está confundindo as coisas: respeitar e reverenciar o passado de jogadores que foram ídolos do clube (coisa que bandidos não fazem) não quer dizer que tenha que mantê-los jogando no clube de bengalas. 

Léo está lá também, fazendo estágio para ser dirigente, pasmem!! Então logo teremos Léo, Ricardo Oliveira, Elano, Robinho, e David Bráz comandando um clube de futebol profissional. Não pode dar certo, né!? Este é o Santos.

Outra coisa engraçada: estão descendo a lenha no atual presidente. Mas se esquecem que ele está no cargo há apenas 5 meses. Quem quebrou o Santos foi a organização crim... roxa. E ela foi colocada lá por um bando de vagabundos inconsequentes, sem visão, que foram na conversa de uma quadr.....

Quem acredita em conversa de band.....??? 

Sempre dissemos aqui que eles dariam o pinote (que é a linguagem que eles entendem) e deixariam o clube arrasado.
Fomos crucificados. Dizem os vagabundos que não temos credibilidade, que não somos santistas.

Dizem que santista mesmo é o serviçal gagá, aquele velhaco demagogo que se diz escritor e conhece 500 palavras da língua portuguesa. Quando leio que esse sujeito é escritor, logo me vem à cabeça Machado de Assis, Jorge Amado, Carlos Drummond de Andrade, Fernando Pessoa, e centenas de escritores de verdade. E chamam esse cidadão de mestre...fazer o quê, a cabecinha das pessoas que leem as besteiras que ele escreve tem nível intelectual inferior ao dele....triste isso...

Além do velhaco, os pobres santistas roxinhos infelizes confiam em outro serviçal: naquele mentiroso que apoiou, descaradamente, um tal de Nabil, em troca de um dinheirinho de pinga e por querer a continuidade dos band...Quem apoia essa quad.... não pode ser santista. Antes da "administração crim.." dessa gentalha ainda poder-se-ia dizer que não se conhecia direito o modus operandi da quad... Mas depois de 5 anos o sujeito fazer campanha para esses crim.... aí mostra bem o caráter do vagabundo.

Nós sabemos o que tem que ser feito no Santos para salvá-lo.

E quem é santista mesmo deve torcer para Robinho não aceitar a oferta de 36 milhões de reais que o presidente fez.

Um clube que deve 400 milhões e é administrado de forma amadora não pode se dar ao luxo de empenhar 36 milhões de suas receitas decadentes, que hoje não deve chegar a 120 milhões. E vejam que dos 120 milhões, grande parte já foi antecipada pela Rede Globo, que essa gentalha tanto critica (eles querem a igreja).

Infelizmente o Santos é um clubinho que de vez em quando monta bons times de futebol.

Mas não se pode contar com a sorte sempre.

E tem mais: Marcelo Oliveira não vai salvar o Santos. Se ele viesse (seu salário era de 400 mil no Cruzeiro) e tentasse impor seus métodos de trabalho, que certamente não devem ter rachões, ele seria boicotado pelos aposentados que fazem parte do Retiro dos Jogadores de Futebol.  E mais: ele é melhor que o Marcelo Fernandes, mas também não pode ser considerado treinador de futebol. Se fosse, o Cruzeiro não despencaria ao perder quatro jogadores.

O Santos não precisa de salvadores. Entenda-se por salvadores: jogadores medalhões, "treinadores" caros, e nem dirigentes mecenas. O Santos precisa de métodos, processos, precisa de profissionalismo em tudo. Não é com amiguinhos do presidente, não é com ex-jogadores ganhando 150 mil, não é com treinadores enganadores que vamos sair do buraco.

Há mais ou menos dez anos o Barcelona estava quebrado. Devia 578 milhões de dólares e tinha um time ruim. Mas uma administração profissional do clube, e dentro de campo usando métodos e processos inovadores trazidos por Guardiola salvaram o Barcelona. 

Se o Santos não fizer algo parecido vai ser varrido do mapa, em pouco tempo. Cinco anos de "administração" roxa arrasaram o clube. Só um choque de gestão irá salvá-lo da extinção. Ou de virar uma Portuguesa.



Enganando chinês



Esse incompetente foi enganar na China agora. Como tem otário neste mundo!



  

6 comentários:

  1. Choque? o Santos precisa de um curto-circuito sem direito a chamar bombeiros para pelo menos acabar com uns 10 que estão infiltrados no comando do clube e mamando nas tetas do clube

    ResponderExcluir
  2. Verdade os treinadores do Brasil são igualmente ruins, mas vai colocar quem então no lugar desses? não acompanho o futebol dos outros países sul-americanos mas quem seria uma boa opção? se vc acompanha e conhece bons treinadores por aqui na América, deveria dizer pelo menos um nome de uma boa opção... pra sair desses que estão aí, por que sobre eles serem ruins já esta mais que evidente, é só olhar quantos times o cara treinou nos últimos 3 anos e como foi o desempenho deles pra saber só falar que são ruins tbm não ajuda muito...

    ResponderExcluir
  3. Caro zowielias
    Finalmente um post que preste...
    Bia

    ResponderExcluir
  4. Gostei do seu post. O Santos realmente é comandado por amadores, desde o treinador até a presidência. Parece mais uma instituição de caridade, renova com jogadores como Elano ( e com aumento) porque? e pra quê???? O que fez Elano pra merecer até aumento???? Hoje nós temos um presidente banana e um técnico fantoche. Enquanto tivermos esta mentalidade amadora pouca coisa vai mudar.

    ResponderExcluir
  5. Se a Ponte jogar como jogou contra o Vasco vai ser um vareio; e seria bem feito, uma lição nesse estagiário e esses ex-jogadores,
    Vc. não falou do Renato ele se arrasta em campo outro ex-jogador, que quando pega a bola em vez de ir para frente, recua ou passa lateralmente para não se comprometer porque sabe que sua velhice futebolística naão admite ousadias em campo e e o estagiário não o troca porque ele faz parte da patota do rachão...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em respeito à placa que ele deu ao clube e ao cheque de duzentos mil reais que ele deu quando saiu do Santos eu o poupo. Ele é diferente. Acredito que sendo honesto como é será ele que pedirá para não ser escalado, O técnico é ruim e não tem percepção e feeeling prá nada. Renato tem que entrar aos 20 minutos do segundo tempo quando o adversário já estiver cansado. Não poderia ser titular. Mas também, quem vamos escalar? Valencia? Esse tal de batatinha? A situação do clube é dramática. Este blog faz tempo que pede a contratação de dois volantes, hoje a posição mais carente do time. Renato sempre foi um jogador burocrático. Não dribla, não chuta a gol, não cabeceia, não arma, não arrisca no ataque, é fraco na marcação e sempre que pega na bola faz o mais fácil possivel: passa a bola rapidamente para o companheiro mais próximo. Foi muito importante em 2002, assim como Elano, Robinho, Diego, e todo o resto do time espetacular, responsável pela maior conquista da história do Santos - pelas circunstâncias da fila e por ter sido em cima do Corinthians, para nós santistas nosso maior adversário.

      Excluir

O comentário não representa a opinião do blog Memorias-Sonhos-Reflexoes e é de total responsabilidade do autor da mensagem.