domingo, 14 de fevereiro de 2016

Mais ajuda da arbitragem

Mais um coitado que foi garfado pela arbitragem.
Não adianta contestar: o maior clube da baixada santista é o Corinthians dos anos de hoje.
Contra a Ponte um pênalti forçado; contra o Ituano teve gol anulado e pênalti inventado (jogador do Ituano bate na bola).
E, conforme previmos, hoje não seria diferente.
O jogo estava 3 a 2 para o Novorizontino quando um jogador do clube do interior dá um carrinho na bola, nem acerta o jogador do time mais protegido do mundo: o árbitro marca falta e o lateral faz empatando o jogo.
Não tem jeito: ajuda em todos os jogos.
Uma vergonha.
Acho que o choro, o complexo de vira-latas e de inferioridade, a mania de perseguição está dando resultado.
Resultados sem os roubos: vitórias do Ituano e do Novorizontino. E com esses resultados o maior clube de Santos estaria em maus lençóis.
Ô timinho mascarado

14 comentários:

  1. O pior está por vir, nenhum time assinou com o EI e nem vai assinar.
    Os idiotas ficarão sozinhos e a Globo vai isolar o Santos de uma vez por todas.

    ResponderExcluir
  2. O EI vai transmitir os sonhados treinos dados pelo Dorival.

    ResponderExcluir
  3. Se o EI não conseguir os outros sete clubes que faltam - eles estabeleceram um mínimo de oito - clara que não assinará contrato com ninguém.

    Em assinando com o Santos não terá jogos a transmitir, a não ser que negocie com a Globosat e com o adversário do mesmo, portanto, esqueçam transmissões de jogos do Santos fora do PPV à partir de 2019, sem contar que, na aberta pode não ter nenhum também e pode receber menos do já recebe hoje ou nada.
    Foi uma jogada de risco, espero que a Globo entenda a situação.

    O que deve fazer todo santista, é torcer para a Turner via Cartoon Network, comprar os 30% da Band e partir para a TV aberta, neste caso, dependendo da oferta, creio que a Globo terá de fato problemas reais, mas enquanto ela tiver com a aberta nas mãos, continuará mandando.

    O Santos fez toda esta "revolução" inicialmente por causa de R$ 23 milhões a mais (recebia R$ 3 dos R$ 60 que a Globo dividia entre os 20 clubes, receberá R$ 27,5, já que a Turner ofereceu R$ 550 para os 20 clubes) - muita grana - mas, corre o risco de perder 30 milhões na renovação da TV aberta com a Globo, por exemplo, já pensou no rombo? E, como conseguirá patrocinadores já que a TV aberta é o foco deles?

    Boa sorte ao Santos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelos esclarecimentos.
      O Santos agiu certo.
      Tomou o risco .
      Abraço

      Excluir
    2. Que ele consiga aguentar o tranco deste risco. Acho pouco provável.

      Mais uma vez, boa sorte para o Santos!!!

      Excluir
  4. Mas até agora nenhum clube além do Santos afirmou que vai assinar com o EI.
    Aqui em Curitiba não se fala nada sobre isso.
    Também, não acredito que o Santos aguentaria o total ostracismo por 3 anos.

    ResponderExcluir
  5. Boa noite Zowie:

    O São Paulo FC, que fugiu correndo para debaixo da asa protetora da dona Globosta, ganhou como prêmio ZERO jogos transmitidos durante a primeira fase da Libertadores.
    Isso sim que é um bom negócio!
    E o Conselho Deliberativo do clube já prometeu que irá rever o contrato assinado com a Globo.
    Enquanto isso, o Santos assinou com o EI e receberá apenas 9 (NOVE) vezes mais que o ridículo contrato com o SportTV.
    Seguindo a opinião desse blogo, o Santos deveria ter assinado com o SportTV para receber 9 vezes menos e ainda ter zero jogos expostos na TV aberto.
    Fala a verdade: esse blogueiro NÃO ERRA NUNCA!
    Da-lhe Linense! Kkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O rapaz do blog não tem opinião. Ele é apenas do contra. Se o Santos não assina, ele estaria metendo o pau.não passa de um idiota.

      Excluir
  6. Libertadores quem define jogos a serem transmitidos e por quem é a FOX.
    A Globo pede e a FOX cede ou não!!!
    Foi apenas uma pequena informação.
    Em tempo, eu não sabia que, ganhar nove vezes mais em TV fechada, significasse tanto, a ponto de correr o risco muito grande de ficar com zero na TV aberta.
    Mas, risco é risco, vale tudo.

    ResponderExcluir
  7. O cara do blog é o Mauro Psicopata Elias, professor aloprado da Unicamp, para vocês verem como vai o nível da educação no Brasil. Alô reitor da Unuicamp, segure os seus idiotas...

    ResponderExcluir
  8. Não duvidem se o Senil Cunha já esteja tentando uma vaga no esporte interativo . Um aviso aos diretores dessa emissora ,onde ele pisa não nasce grama , que diga o tão festejado Museu Pele , do qual o mesmo é o responsável ou a festa do centenário santista,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pela propaganda que está fazendo não tenha dúvidas. Mas seus amestrados o querem como presidente do clube. Sabem quanto ganharia? Hoje algo ao redor de 100 mil reais. Por isso tanta gente quis e muitos mais vão querer em 2017. Responsabilidade? Nenhuma. Ninguém entra lá pensando em tirar o clube do buraco sem fundo que está. Os caras só querem obter independencia financeira. Faz uma conta: 36 meses a 100 mil dá R$ 3,6 milhões. O cara sai de lá com o burro na sombra, milionário. O clube? Ora o clube! Está aí para isso mesmo, disputar campeonatos para não cair e isso basta. Vergonha.

      Excluir
    2. José Carlos e demais,
      Teve uma dupla assim: um tinha uma empresa já falida e fora de operação, cheio de dívidas. O outro era vendedor de xxxxx (não vou citar o que ele vendia, mas ganhava seus 4 mil reais por mês). Um ganhava cerca de 100 mil e o vendedor 50 mil no clube. Ambos sairam de lá ricos. Ambos ainda podem ter levado algum por fora em negociações de jogadores. Eles ajudaram a quebrar o Santos, mas estão ricos, nunca mais precisarão trabalhar na vida. E parece que não se dão mais hoje em dia. Dizem aqui em Santos que o melhor trabalho em Santos é ser presidente do Santos ou dirigente remunerado. Esse Dagoberto ganha 95 mil para contratar Nilson, Paulinho, e outros pernas de pau. Tem um do marketing que ganha perto de 40 mil e o que ele faz? Arruma patrocinios pontuais. Aliás, arruma não: quando há um jogo importante, coisa que aconteceu no ano passado em apenas 5 ou 6 oportunidades (com a Globo mostrando na tv aberta) que empresas de menor porte correm até o clube para um patrocínio que lhes convém, 1 ou 2 jogos e pronto. E o cara ganha 40 mil. Tem no clube 450 funcionários, uns 300 que ficaram e mais 150 que o atual administrador jornalista contratou. O outro jornalista, o senil, quer uma boquinha para tentar deixar de viver na pindaíba que vive. E o Santos não sobreviveria a isso: um dono de imobiliária, um médico, um jornalista, e na proxima eleição outro jornalista (e esse em estado bastante avançado de demencia), o Santos quebraria de verdade. Moro em Santos, sei o que falo, tem uma padaria aqui perto da Vila que a gente se reúne e discute essas coisas. É de arrepiar. Quem torce para o Santos não sabe direito para o que está torcendo, infelizmente. E tem mais: nessa história de Kappa, tem gente levando muita grana, engrossando seus milionários salários. Tudo isso é feito de forma bem feita, sem passar recibo, tudo em cash, como um determinado partido que agora quer a CPMF para cobrir a péssima gestão (diz que é pelo ika, mas na verdade é para cobrir o rombo e rastro de destruição deixados por eles mesmos). Não posso revelar minha identidade, mas tenham certeza que o que estou escrevendo aqui é a pura verdade. Respiro o Santos há 50 anos, conheço cada milimetro deste clube. Sou sócio e já fui conselheiro.

      Excluir

O comentário não representa a opinião do blog Memorias-Sonhos-Reflexoes e é de total responsabilidade do autor da mensagem.